Forte Mourao Seguros
 
 


Perguntas mais freqüentes

1 - Onde devo ir para fazer o seguro da minha empresa?

Você deve procurar um corretor de seguros, que é a pessoa habilitada, através da SUSEP , a lhe dar toda a assistência na contratação do seguro e, principalmente, quando houver sinistro.

Os corretores de seguros são credenciados e muito importantes, pois quando você mais precisar ele poderá estar ao seu lado lhe auxiliando e instruindo.

2 - Que cuidados devo tomar quando for contratar o seguro da minha empresa?

Você deve procurar profissional especializado e pronto a lhe orientar. Deve observar se o corretor que está lhe atendendo é habilitado e age com profissionalismo. É importante saber se o corretor trabalha com seguradoras idôneas e se pesquisou o menor custo dentro dos melhores produtos.

Verifique se foi apresentado o que você solicitou e se o corretor foi transparente nos esclarecimentos referente a contratação.

Quando chegar a sua apólice é importante ler e conferir todos os dados, havendo divergência você deve informar ao corretor que providenciará as correções.

Se tiver contratado a Assistência 24 horas é importantíssimo ler tudo que cobre, pois este serviço é muito útil. Procure ter o telefone da assistência em lugar de fácil acesso e avise as outras pessoas que sempre estão com você sobre a assistência e qual é o telefone.

3 - O que devo conferir na apólice de seguro?

Na apólice estão descriminadas todas as características do seu seguro, como:

  • Dados cadastrais da empresa
  • Coberturas contratadas
  • Franquia
  • Condições gerais e particulares
  • Valores segurados
  • Custo do seguro
  • Carnê de pagamento
  • Cartão da Assistência 24 horas

4 - Todas às vezes que for fazer o seguro, a minha empresa tem que ser vistoriada?

Sim. A vistoria prévia é feita no momento da contratação do seguro. Na vistoria, o perito da seguradora verifica o estado geral da empresa, como: Estado de conservação da construção e parte elétrica, quais os sistemas de segurança, alarmes, cofres que a empresa dispõe, qual a localização e como é o entorno da empresa, etc.

5 - Existe carência de cobertura no seguro da minha empresa?

Não. A cobertura começa após a realização da vistoria prévia do condomínio e confirmação do pagamento da primeira parcela do seguro ou do pagamento total do prêmio

6 - Que taxas eu pago além do valor do seguro?

O valor do seguro é chamado prêmio e é composto por:

Valor do seguro

+ custo de emissão de apólice

+ juros de parcelamento

+IOF(Imposto sobre operações financeiras)

7 - O que é sinistro?

É uma corrência de natureza súbita, involuntária e imprevista de eventos que constam no contrato de seguro.

8 - Qual a diferença entre furto e roubo?

Furto é a subtração de todo ou parte do bem, sem ameaça ou violência a pessoa e sem deixar vestígios.

Já no roubo, existe a ameaça ou violência e a impossibilidade de resistência da vítima.

9 - O que cobre o seguro empresarial?

Cada seguradora apresenta características próprias em seus produtos, " Seguro empresarial". Estas diferenças vão desde o número de coberturas disponibilizadas, as franquias aplicadas, até a abrangência de riscos cobertos e riscos excluídos nas apólices.

Destacaremos as principais coberturas que são oferecidas por, praticamente, todas as seguradoras.

Cobertura básica:

  • Incêndio, Raio e Explosão.

Coberturas adicionais:

  • Despesas fixas
  • Diárias pela Interrupção de atividade
  • Perda ou Pagamento de Aluguel
  • Despesas de Recomposição de Registros e Documentos
  • Danos Elétricos
  • Vendaval, Ciclone, Tornado e Granizo
  • Impacto de Veículos
  • Equipamentos Móveis e Estacionários
  • Equipamentos Eletrônicos
  • Roubo de Bens
  • Roubo de Valores no Interior do Estabelecimento
  • Roubo de Valores em Trânsito em Mãos de Portadores
  • Roubo de Valores em Mãos de Portadores - Pagamento de Folha Salarial
  • Quebra de Vidros e Anúncios Luminosos
  • Tumultos
  • Responsabilidade Civil Operações
  • Fidelidade de Empregados

10 - O que o devo fazer no caso de sinistro na minha empresa?

Você deve, imediatamente, avisar ao corretor de seguros e providenciar a documentação que varia de acordo com o evento ocorrido.

11 - O que é a franquia?

É o valor ou percentual definido na apólice pelo qual o Segurado fica responsável em caso de sinistro.

12 - O que é a depreciação do imóvel?

É a perda progressiva do valor dos bens móveis ou imóveis e legalmente contabilizáveis.

13 - O valor da franquia é o mesmo em todas as seguradoras?

Geralmente sim. O valor é o percentual do valor da cobertura e varia pouco de uma seguradora para outra.

14 - Quando a seguradora pode se recusar a pagar a indenização?

  • Quando o segurado não fizer declarações verdadeiras e completas ou ainda,
  • Quando o segurado omitir circunstâncias de seu conhecimento que pudessem ter influído na aceitação da proposta ou na fixação do prêmio;
  • Uso do condomínio para fim diverso daquele a que se destina;
  • Não veracidade do CPF/CNPJ informado pelo Segurado na proposta do seguro;
  • O Segurado deixar de cumprir as obrigações convencionadas na apólice;
  • O sinistro for devido a culpa grave (negligência) ou dolo (má intenção) do Segurado;
  • O Segurado, por qualquer meio, procurar obter benefícios ilícitos do seguro contratado;

15 - Quais os seguros de contratação obrigatória para uma empresa?

Seguro de Vida para funcionários. Por força de acordo sindical, as empresas devem contratar, um seguro de Vida em Grupo e/ou acidentes pessoais para os seus funcionários registrados.

Você deverá consultar o Sindicato da sua empresa e verificar o que exige a Convenção Coletiva.

16 - Qual o critério de indenização dos riscos patrimoniais?

Para a determinação dos prejuízos indenizáveis, são adotados os seguintes critérios: edifícios, equipamentos e instalações, móveis e utensílios, tomar-se-á por base o valor atual, ou seja, o valor de novo menos a depreciação pelo uso, estado de conservação e idade dos bens sinistrados.

17 - A Indenização é paga integralmente como está na apólice?

O valor expresso na apólice é o Limite Máximo de Indenização. Nos casos de incêndio, o procedimento mais comum para determinação do valor de indenização é a apresentação de três orçamentos para reparo do imóvel, e a seguradora autoriza o conserto pelo menor dos três valores apresentados.

18 - O seguro empresarial prescreve se houver demora em dar entrada nos documentos?

Sim. Pode haver perda de direitos, pois o mesmo prescreve-se em 12 (doze) meses após a ocorrência do fato, conforme definido no Artigo 178, Parágrafo 6º, Inciso 2º do Código Civil Brasileiro.

19 - Estou inadimplente com as parcelas do meu seguro. Estou coberto pela apólice?

A inadimplência implicará no cancelamento da apólice, contudo, mantendo a cobertura do seguro em função da proporção do "prêmio pago / prêmio devido".

20 - Quando a apólice poderá ser cancelada?

  • Falta de pagamento;
  • Quando o segurado fizer declarações falsas ou incompletas;
  • Quando o segurado ou seus prepostos praticarem atos ilícitos ou dolo para obter benefícios no seguro;
  • Quebra de vínculo empregatício do funcionário (seguro de vida do funcionário);
  • A ocorrência de perda total do bem segurado;
  • Por livre vontade de uma das partes.

21 - Existe cobertura de Assistência 24 horas para o seguro empresarial?

Sim. Esta cobertura é de contratação opcional e todas as seguradoras já dispõem deste serviço.

E as coberturas são muito interessantes para o condomínio, como:

  • Chaveiro 24 horas;
  • Segurança e Vigilância;
  • Zelador Substituto;
  • Limpeza;
  • Bombeiro Hidráulico
  • Bombeiro Eletricista.

22 - As renovações de seguros empresarial são automáticas?

Não. A renovação de apólices do seguro empresarial é feita através de entendimentos entre segurado e corretor, mediante apresentação de nova proposta de seguro.

23 - O que é a agravação de risco?

São circunstâncias que aumentam a intensidade ou a probabilidade de verificação do risco assumido pela Seguradora, independente ou não da vontade do Segurado.

24 - O que é risco recusável?

É aquele cujas características levam a seguradora a não aceitar o seguro.

25 - O que é reclamação?

É a apresentação pelo segurado à Seguradora do seu pedido de indenização. A reclamação deve vir acompanhada da prova da ocorrência do risco, de outros seguros existentes e também do prejuízo sofrido pelo reclamante.

26 - Quanto cobra um corretor de seguros?

O corretor de seguros é um profissional habilitado pela SUSEP e pronto a atender o segurado em todas as suas necessidades. O trabalho executado pelo corretor, geralmente, é pago pela seguradora que calcula o valor da comissão no cálculo do seguro apresentado ao segurado. Algumas corretoras, oferecem ao segurado uma prestação de serviços, que incluem dentre outras, a assistência 24 horas. Este serviço é um diferencial e não é cobrado do cliente.